Av. Paulista, 91 – Cj.706, Bela Vista, São Paulo - SP  |   (11) 3141-0669 | (11) 9 3250-0669 | (11) 97393-3205  |   secretaria@cec.med.br
ALIF - Fusão Lombar Anterior

Artrodese anterior (ALIF) é uma cirurgia da coluna vertebral que acessa a coluna a partir da frente do corpo para remover o disco, ou a partir de material ósseo entre duas vértebras adjacentes lombares. 

O que é uma ALIF ?

Artrodese anterior (ALIF) é uma cirurgia da coluna vertebral cujo acesso se dá pela parte frontal (anterior) do corpo, para remover a totalidade ou parte de um disco herniado entre duas vértebras adjacentes, seguida de fusão, utilizando enxerto de osso ou substituto de enxerto ósseo.

O enxerto funciona como um meio de ligação e também ajuda a manter a altura normal do disco – com o processo de cura, o osso e o enxerto ósseo vertebral podem crescer juntos e estabilizar a coluna. A instrumentação, através de hastes, parafusos, placas, caixas e ganchos, também pode ser usada para criar um suporte para a estrutura vertebral durante o processo de cicatrização.

Uma ALIF pode ser feita sozinha ou em conjunto com outra técnica de fusão espinhal, a depender da experiência do seu cirurgião. Por favor, discuta as opções de fusão com o seu médico.

Por que eu preciso deste procedimento?

Há uma série de razões pelas quais o seu cirurgião pode recomendar a fusão espinhal. Este procedimento é frequentemente utilizado para tratar:

  • Uma ou mais vértebras fraturadas
  • Espondilolistese (deslizamento de um osso vertebral sobre o outro)
  • Curvaturas anormais da coluna vertebral, como a escoliose ou a cifose
  • Discos degenerados ou salientes (”almofadas ” cartilaginosas entre as vértebras)
  • Instabilidade da coluna vertebral (movimento anormal ou excessivo entre duas ou mais vértebras)

Os pacientes com lombalgia e/ou dor nas pernas devido a uma doença degenerativa do disco, espondilólise/espondilolistese, escoliose que não reagiram às medidas de tratamento conservador (repouso, fisioterapia ou medicamentos) podem ser candidatos adequados a uma ALIF.

O seu cirurgião irá levar em consideração uma série de fatores antes de recomendar uma ALIF, inclusive a condição a ser tratada, sua idade, saúde e estilo de vida, e o grau esperado de atividade após a cirurgia.

Como uma ALIF é realizada?

O paciente é posicionado sobre as suas costas, sob anestesia geral. O cirurgião, a seguir:

  • Faz uma incisão no abdome e retrai os músculos, órgãos e estruturas vasculares, para uma visão clara da parte anterior da coluna vertebral e da via de acesso às vértebras;
  • Remove o(s) disco(s) degenerado(s) a partir do espaço ocupado pelo disco afetado e insere enxerto ósseo ou substituto de enxerto ósseo para dentro do espaço de disco entre os corpos vertebrais, para suporte e promoção do crescimento ósseo;
  • Retorna os órgãos abdominais, vasos sanguíneos e músculos para o seu lugar normal, fechando a incisão a seguir.

Quanto tempo será necessário para minha recuperação?

O período de recuperação de um processo de fusão espinhal, como ocorre em uma ALIF, vai variar de acordo com o procedimento realizado e a capacidade do seu corpo em curar e firmemente fundir as vértebras.

Os pacientes normalmente ficam no hospital por alguns dias, sendo necessário um período mais longo para as cirurgias mais extensas, o que pode também incluir um período de tempo em reabilitação. 

O período de tempo em que você permanecerá fora do trabalho vai depender de uma série de fatores: o tipo de procedimento e abordagem da sua coluna, o tamanho de sua incisão, e se você experimentou algum dano tecidual significativo ou apresentou complicações. Outra consideração diz respeito ao tipo de trabalho que você pretende voltar a executar. Você deve esperar uma licença médica de 3 a 6 semanas, mas muitas inovações e avanços têm sido alcançados nos últimos anos, que permitem menor tempo de internação e um período de recuperação mais ativo e rápido.

Existem potenciais riscos ou complicações?

Os resultados são específicos para cada paciente e podem variar. Complicações como infecção, danos aos nervos, coágulos de sangue, perda de sangue e problemas do intestino e da bexiga, juntamente com as complicações decorrentes da anestesia, são alguns dos riscos potenciais da cirurgia da coluna vertebral. Um risco inerente à fusão vertebral é a falha do enxerto ósseo, o que pode requerer cirurgia adicional.

Por favor, consulte o seu médico para obter uma lista completa das indicações, advertências, precauções, eventos adversos, resultados clínicos e outras informações médicas importantes que dizem respeito ao processo de ALIF.

O material contido neste site é apenas de caráter informativo, não podendo substituir a avaliação médica. Para diagnóstico e tratamento adequados, você deve sempre consultar seu médico assistente.

Fonte: https://www.spine-health.com/video/alif-anterior-lumbar-interbody-fusion-video